domingo, 25 de outubro de 2015

SE DURA É A PROVAÇÃO, GRANDE SERÁ A TRANSFORMAÇÃO…

A verdade é que na Vida não são os resultados o que importa, mas sim o processo que nos conduz até eles.
Quanto mais dura for a provação, maior e mais profunda será a transformação.
Só o processo nos permite saber mais sobre nós e principalmente sobre a Vida. Só o processo é capaz de nos arrastar para aquele espaço escuro onde nada parece fazer sentido, onde tudo dói, onde confrontamos os nossos maiores medos, os nossos viscerais apegos, as nossas desnecessárias impotências e ilusões.
Mas como tudo na Vida é dual, é no processo também que nos deparamos com a nossa incrível força motriz, com a nossa coragem e com a fé profunda, que resgatamos ao integrar e aceitar que ‘apenas’ somos uma Alma eterna a viajar num corpo físico, cujo prazo de validade não será estabelecido por nós, mas sim pela Vida.  
Quando abraçamos a certeza de que tudo está absolutamente certo, para acertar o que em nós ainda não se ‘acertou’ , uma paz profunda naturalmente toma conta de nós.
É o princípio da Esperança.
Não da esperança de ver concedidos os nossos desejos, mas da verdadeira esperança.
Aquela em que indubitavelmente confiamos na Vida, nos seus ciclos, na sua impermanência e na sua sabedoria.
Aquela onde aos nossos desejos se sobrepõe a terna aceitação de acolher com Amor a vontade da Vida, para que um dia possamos finalmente integrar a poderosa e vertical força das árvores, aceitar  eterno fluxo da Vida, aprendendo a…nada desejar! 

…talvez esse sim, seja o dia do nosso (re)nascimento….

Sem comentários:

Enviar um comentário